Evolução

Evolução

sábado, 19 de março de 2011

Filha internada - 19/03/2011


Olá pessoal, foi bem pauleira esta semana para mim, pois minha querida filhota ficou doente, mas foi tudo tão rápido
Quarta feira depois que cheguei do serviço a Letícia estava bem, e tudo em ordem, porém lá pelas 7 da noite ela reclamou que estava com desinteria, eu pensei que ela comeu algo que não lhe fez bem, mas lá pelas 9 da noite ela reclamou de dor na barriga, eu resolvi fazer um chazinho de boldo com camomila, e ela tomou e dormiu, lá por volta das 2:30 hs da manhã ela acordou vomitando, com um febrão, e reclamando de dor na barriga e cabeça, perna, enfim não pestanegei e corri para o PS daqui, lá a médica examimou e perguntou se ela havia comido algo diferente, eu disse que comigo tinha apenas comido um pedaço de peixe assado com arroz, e nada a mais, depois ela disse que iria ministrar novalgina e plasil via por injeção, porém até as 6 da manhã a febre não havia melhorado, e ela ainda reclamava de dor, depois disto ministrei 23 gotas de alívium, e deixei uma bolsa de água quente na barriga para ver se melhorava, liguei para o médico dela as 8 da manhã, mas ele só poderia atendê-las as 10 horas, ficamos aguardando até que na consulta depois de ser examinada, ele resolveu interná-la pois ela já estava muito desidratadada, eu fiquei com o coração na mão, mas vendo ela tão abatida, não tive outra opção, fiquei naquele hospital burocrático que só conseguiu um quarto as 13 hs, ela ficou sem medicação até então, e com febre, e sem poder tomar nem água, pois o pediatra achou melhor ela ficar em jejum até as 18 hs, depois de internada no leito 308 A , veia pulsionada hidratada, vi melhora no quadro e fiquei mais alivida, mas ela acabou ficando internada até sexta-feira, fiquei exausta, cansada, enfim foram 3 dias em dormir direito, e no quarto dividimos com um lindo bebê de 10 meses Felipe que estava com pneumonia, ajudei bastante a mãe deste bebê, pois no hospital não havia berço, ele ficou numa cama, ela quando ia ao banheiro pedia para eu ficar de olho nele ou até mesmo pegá-lo no colo, ficamos muito envolvidos pela situação e compartilhamos momentos que só Deus para dar força, veias perdidas, remédios, choros, gritos,Deus só posso perdir ao senhor que dê saúde aos pequeninos, e muita força aos familíares, mães, pais e até mesmo as enfermeiras que são nossa base de apoio naquela local que parece uma guerra.

A Letícia está ótima graças à Deus, agora só agradecer à DEUS.

Diaginóstico: Gastroenterite.

2 comentários:

Fabiola Neves disse...

Oh amiga!
Que perrengue!!!
Peço a Deus para que ela melhore de vez e não aconteça mais isso!
Filhos doentes a gente fica pra morrer né?
Ainda bem que ela melhorou!
Força na peruca e vamo que vamo!
Beijinhos

Fabiola Neves disse...

Grazi,
Como está a filhota???
Uma ótima semana pra vc!
Beijinhos